Notícias

Padrasto é suspeito de estuprar enteada de 13 anos

O caso teria ocorrido há cerca de um mês e foi registrado no último final de semana após intervenção do Conselho Tutelar.

Um homem de 44 anos é suspeito de ter estuprado a enteada, uma menor de 13 anos. O caso, que está sob investigação, ocorreu em Fama e, segundo relatos da adolescente, foi há cerca de quatro semanas, mas só foi registrado no último final de semana, dia 16, por medo por parte da vítima.

A denúncia registrada em boletim de ocorrência no último dia 16 relata que o padrasto teria mantido relações sexuais com a adolescente sem o consentimento dela, o que se confirmado caracteriza estupro a vulnerável. O crime está previsto no artigo 217-A do Código Penal, que prevê a condição de vulnerabilidade a menores de 14 anos. A pena de reclusão pode variar de oito a 15 anos.

A adolescente disse aos policiais e ao Conselho Tutelar, que acompanha o caso, que ficou com medo e, por isso, não havia feito a denúncia antes. O padrasto negou o crime e afirmou não ter passado perto de adolescente desde uma medida protetiva concedida pela Justiça.

A menor disse ainda ter tido relações sexuais há duas semanas com um outro homem, de 23 anos. Diferente do estupro alegado pela adolescente, nessa segunda relação o homem não utilizou preservativo. Segundo informações obtidas pela Polícia Militar, o rapaz é garoto de programa e seria portador de HIV.

As informações teriam sido repassadas a mãe da menor, que teria desprezado os fatos. A adolescente está sendo acompanhada pelo Conselho Tutelar, além de médicos e psicólogos.

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
WhatsApp chat